COC Santa Catarina
11 de julho de 2019
Categorias Dicas

Aprenda a melhorar sua capacidade de memorização

A memorização é um dos dons que nós, humanos, sempre buscamos melhorar continuamente para aprendizagens, conhecimentos e melhores hábitos.

Porém, infelizmente, não somos todos dotados de uma memória desenvolvida, que nos faz lembrar todas as coisas importantes, em horários específicos, como na hora de uma prova ou apresentação de trabalho.

Neste artigo vamos abordar alguns hábitos que podem o ajudar a contribuir com uma boa memorização, além de ser capaz de reconstituir tanto memorias antigas, a longo prazo, como também coisas instantâneas que acabam passando por nós de forma despercebida, muitas vezes.

 

1. Evite distrações

Quando seu foco é memorizar alguma matéria ou estudo específico, você deve deixar tudo o que dispersa sua mente de lado. Sejam quadros, imagens, músicas, televisão ou dispositivos móveis, deixe sempre para mexer com eles depois de acabar seus afazeres.

Antes de focar na otimização de sua memória, lembre-se que precisa adquirir, antes de qualquer coisa, o conhecimento.

Por isso, se desligue de tudo o que poderá tirar a sua atenção, não entre em sites ou converse com alheios que atrapalhem seus estudos.

 

2. Repita sempre o que aprendeu

A prática de repetição é muito utilizada por qualquer indivíduo que gostaria de memorizar algo. Isso porque tudo vira um hábito, seu músculo acostuma com o movimento, tendo mais facilidade em aplicar novamente o mesmo.

Por exemplo, ler, que é um meio extremamente eficaz. Repetir uma leitura, seja ela em voz alta ou não, dá a você a oportunidade de ouvir, ler e falar várias vezes o mesmo conteúdo. Facilitado exponencialmente a sua memorização.

 

3. Tenha uma boa noite de sono

Como todo músculo, é necessário um descanso adequado, para o bom funcionamento do mesmo. Na verdade, seu cérebro, quando adequadamente descansado, consegue se fazer ativo quase que 50% a mais do que quando não descansado.

Por isso, nunca deixe de dormir, principalmente em horários periódicos. Priorize, principalmente, dormir a noite, pois terá menos possibilidades de ser interrompido e de ter uma completa noite de sono.

Você perceberá que sua concentração se tornará ainda mais fácil de ser controlada, além de facilitar a memorização, devido a capacidade cerebral, quando descansado, de adquirir novos conhecimentos.

 

4. Que tal formar paralelos e conexões?

Isso mesmo, nosso cérebro possui um sistema de conexão um pouco baseado em referências. Quando você estiver em um momento de memorização, poderá observar também outras ligações que aquela matéria, caso esteja estudando, possui com outros objetos. Memorize através de referências, ligue conexões a partir do contexto em que se encaixaria aquela matéria, até mesmo se sua criatividade criar coisas absurdas, ela ainda o ajudará a memorizar o que necessita.

Por exemplo, caso esteja aprendendo alguma matéria da faculdade e está tendo dificuldades em memorizar a mesma, conecte-se ao seu universo. Observe a palavra chave e traga ela ao seu dia a dia. Tente fazer com que ela se conecte com um paralelo de seu cotidiano.

 

5. E talvez alguns resumos

A verdade é que para uma boa memorização, é sempre necessário um bom conhecimento sobre o assunto. Por isso, sempre que acabar de ler um artigo, um livro, assistir um documentário ou até mesmo assistir alguma aula cotidiana, faça um resumo sobre isso. Deste modo você forçará o seu cérebro a relembrar do fato ocorrido e memorizará ainda mais facilmente quando o escrever de novo.

11

Então gostou de nossas dicas? Nos ajude a melhorar nosso material e tire suas dúvidas conosco! Não esqueça de deixar o seu feedback e até mais!

COC Santa Catarina
11 de julho de 2019
Categorias Dicas